Top Ad unit 728 × 90

Destaques

Destaqu

As 7 Principais Tendências de Marketing Imobiliário para 2017

Veja as 7 principais tendências de marketing imobiliário para 2017. Tendências para corretores de imóveis, imobiliárias, construtoras e incorporadoras.


Quem acompanha o Marketingimob sabe que desde 2009 sempre falo sobre as principais tendências de marketing imobiliário do ano em questão, e em 2017 não poderia ser diferente! :) Semana passada divulguei o vídeo deste ano onde menciono o que considero as 7 principais tendências do marketing imobiliário para 2017.  Clique abaixo para ver o vídeo na íntegra, ou se preferir leia o resumo. Espero que gostem! 


1. Realidade Virtual ainda mais aquecida



No último ano grandes empresas que atuam com realidade virtual colocaram seus produtos no mercado de massa, o que fez com que mais pessoas tiveram acesso a tecnologia e o conhecimento sobre realidade virtual, fato que fez com que seu desenvolvimento acelerasse no último ano, prometendo ainda mais para 2017. No mercado imobiliário internacional, empresas se consolidam desenvolvendo produtos de fácil acesso para incorporadoras, imobiliárias e corretores. Contrariando o que muitos acham, a realidade virtual proporciona uma tecnologia com várias possibilidades, sejam projetos grandiosos e caros, até vídeos imersivos fáceis de fazer e baratos.

Até o momento os dois serviços mais famosos no mundo imobiliário são o Immoviewer (com kits a partir de U$69 para corretores fazerem seus vídeos) e a MatterPort

Já vi diversos profissionais e empresas brasileiras desenvolvendo projetos com realidade virtual, mas em 2017, ainda mais corretores, imobiliárias e incorporadoras terão acesso a esta tecnologia, assim como mais consumidores terão clareza de sua existência, fazendo com que os profissionais e empresas que utilizarem, sem dúvida transmitam uma imagem mais profissional aos olhos do cliente.

Por que tem tudo para pegar?
  • Empresas bilionárias estão no jogo, como Google e Facebook, você acha que eles investiriam em algo que não tem futuro? 
  • Os dispositivos estão ficando cada vez mais realistas, diferente do passado em que dispositivos de realidade virtual  3D era um pouco "tosco", agora é possível fazer vídeos 3D não apenas 
  • Busca constante por mais tempo disponível e segurança, fazendo com que dispositivos que reduzam a necessidade de deslocamento tenham bastante sucesso. 
  • Os dispositivos e a tecnologia está proporcionando experiências cada vez mais realistas e imersivas. De fato é possível imaginar o fim do plantão de vendas, afinal já existem aplicações que de fato é como se você realmente estivesse dentro do imóvel. 


2. Mídia de Performance mais cara



Fato! Google Adwords e Facebook Ads mais caros em 2017. Independente disto acontecer, não se preocupe, afinal, ainda existem várias  opções de investimento em mídia online, além do que, ainda assim o digital é muito mais eficiente e barato que mídias offline.

Por que vai acontecer? 
  • Em primeiro lugar, mais corretores, imobiliárias e construtoras estão anunciando no Facebook e no Google. Em segundo lugar, mais marcas maiores estão anunciando no Facebook e no Google. Lei de oferta e demanda, quando a demanda sobe, o preço aumenta. 
  • Isto acontece não apenas no mercado imobiliário nacional com a competição entre a própria indústria do mercado imobiliário, mas em todo o mundo. Com mais anunciantes dispostos a pagar um valor X para estar anunciando nestes dois gigantes, inevitavelmente os acionais acabam exigindo um lucro maior. 
3. Resultado permanente da crise: Marketing mais analítico e mais importância para automações


Quem acompanha as ações de marketing imobiliário, deve ter percebido que 2016 foi um dos anos onde menos tivemos ações criativas. Este é um tema que falo desde o início de 2013 e até hoje podemos considerar que são poucos os corretores de imóveis, profissionais de marketing e empresas que realmente se aprofundaram nele. Em 2017 mais irão utilizá-los em seu fluxo de trabalho. Uma das principais razões pela qual a tendência não evolui mais rapidamente, é pelo fato que os profissionais possuem dificuldade de como operacionalizar + não podem pagar as agências que fazem este tipo de trabalho (que muitas vezes também não possuem experiência em automação). 

Automação de marketing faz com que você economize tempo e dinheiro. Que tal automaticamente a cada 7 dias após seu corretor atender um cliente, este cliente receba uma mensagem perguntando se o cliente já achou o imóvel. Ou então, ao término de cada ligação, o cliente receber um e-mail perguntando sobre a nota para o atendimento, e até mesmo, receber uma mensagem de aniversário. Tudo isto, sem que de fato nada tenha sido feito manualmente (lógico, tem uma grande carga de trabalho manual para criar a s réguas e mensagens automatizadas, mas uma vez criada, a régua envia automaticamente).

O mercado de automação é um mercado bilionário, muito utilizado em outros países, e infelizmente o mercado imobiliário brasileiro utiliza muito pouco. Em algum momento deve ganhar mais atenção no país, e como estamos em um cenário pós crise onde os profissionais teoricamente estão mais atentos a como ganhar eficiência em processo, isto tem tudo para ser em 2017. Veremos!

4. Marketing de Conteúdo para gerar mais negócios


Mais uma tendência que falamos faz algum tempo, mas que tem se fortalecido bastante ao longo dos anos. Marketing de Conteúdo é considerado a tendência número 1 global para marketing em 2017 (marketing de forma geral, não só no marketing imobiliário), nosso segmento não pode ficar de fora.

Por que vai pegar?  

  • Conteúdo agrega valor os proprietários e compradores, algo muito importante quando falamos que em média as pessoas compram entre 2 e 3 imóveis ao longo da vida, o que fazem com que nunca tenham experiência e sempre precisam da ajuda dos profissionais do mercado imobiliário. Além disso, é um dos métodos mais eficazes para o bom posicionamento no Google e a geração de tráfego orgânico, gerando contatos de baixo custo;
  • O algorítimo do Google claramente tem se posicionado para que cada vez mais favoreça sites com conteúdos relevantes.
5. Mais vídeos para vender imóveis.


Você já percebeu que a sua linha do tempo do Facebook está mostrando muitos vídeos? Sim, falamos sobre a importância de vídeos já faz um bom tempo, e o algorítmo do Facebook priorizar MUITO este tipo de forma de conteúdo é mais um reflexo desta importância. Isto sem contar o relativo novo formato "Facebook Live", onde cada vez mais são os amigos que resolver utilizar e você recebe uma notificação, não é mesmo?

Se o vídeo já prometia, com a internet cada vez mais presente em celulares, e com os celulares cada vez mais importantes em nossas vidas, o formato fica cada vez mais importante. Para terem uma ideia, em 2015 as exibições de vídeos em dispositivos móveis, cresceu 6x mais rápido, do que os vídeo em desktop. E viva a era do vídeo móvel!

Por que vai acontecer no mercado imobiliário? 

  • Fato! Teremos mais vídeos neste e nos próximos anos. Sendo os imóveis, produtos do mercado imobiliário, um "produto" onde o visual é algo fundamental, não mais óbvio do que apostar que o recurso vai crescer cada vez mais em nosso segmento;
  • Bons vídeos ajudam a fazer com que o cliente economize tempo. Um vídeo pode antecipar a visita física do cliente, e tecnologias deste tipo, que prezam pela otimização de tempo sempre tem tudo para 
  • Também faz parte da tendência "realidade virtual"; 
  • Redução das barreiras tecnológicas: Aumento do número de aplicativos que facilitam a edição de vídeos, redução do preço de boas câmeras / bons aparelhos celulares capazes de gravar vídeos com facilidade, aumento da velocidade da internet, fazendo com que mais pessoas consigam visualizar vídeos com facilidade;
  • Crescente popularização do Netflix + Vídeos no Facebook + Youtube, fazendo com que a grande massa se acostume ainda mais com vídeos, facilitando para corretores, imobiliárias e construtoras que optarem por investir neste formato. 

>> Veja + sobre Vídeos no vídeo 7 Tendências de Marketing

6. Mobile first no mercado imobiliário.



Outra tendência que já falo faz bastante tempo, e que felizmente no último ano cresceu muito rápido. Até pouco tempo atrás, sempre que pensamos em criar um site, fazer uma peça de e-mail marketing, criar banners, mandar um e-mail, etc, sempre pensamos que eles serão vistos primeiramente e em sua maioria no desktop ou no notebook, não é mesmo? O pensamento "mobile first", diz que em primeiro lugar, ele será visualizado em um aparelho celular, não no destkop ou notebook. O que isso muda para corretores, imobiliárias e construtoras? Tudo! Desde que os sites precisam aparecer muito bem em smartphones, até a comunicação que precisa ser bem menor, afinal no celular a leitura é mais rápida.

E por que isto acontece? Simples. As pessoas cada vez mais utilizam a internet em seu celular, do que em outros dispositivos. Com isto, não faz sentido deixar a experiência celular em segundo plano, ela deve ser a primeira.

Por que vai acontecer no mercado imobiliário? 

  • No mercado imobiliário isto é ainda mais forte, afinal é um mercado onde a localização é algo primordial, e no celular as pessoas conseguem obter melhores experiências que valorizam este ponto (exemplo: busca por mapas, notificações quando se passa em uma rua que a pessoa gosta, etc);
  • O Google está penalizando (colocando no final da busca), sites que não proporcionem uma boa experiência mobile. Sabemos o quanto o site é importante para os profissionais e as empresas do mercado imobiliário, com esta penalização do Google, menos contatos as empresas vão receber, e quem não conseguir se ajustar rápido, tem tudo para não conseguir resistir e sair do mercado imobiliário.
>> Veja + sobre Mobile First no vídeo 7 Tendências de Marketing


7. bye bye, telefone! Hello, mensagens via celular 


É inquestionável que cada vez as pessoas abominam mais o contato via telefone. Para terem uma ideia, em uma pesquisa que realizei ano passado, 87% das pessoas afirmam preferir contato via e-mail. Com o fato de não gostar do contato pessoal do telefone + a crescente tendência de popularização do mobile, mais forte se tornam os canais de contato via mensagem, como por exemplo: Whatsapp ou Facebook Messenger. O e-mail também segue com força; 

Em 2017, sairão na frente as imobiliárias, corretores e construtoras que aprenderem a atender seus clientes usando estes recursos, e principalmente, que aprenderem que estes canais não são desqualificados. Infelizmente vemos muitos corretores de imóveis que discriminam clientes que chegam por e-mail, afirmando que e-mail só traz clientes curiosos, desinteressados, e até mesmo falsos. Isto não é verdade! O atendimento escrito é sim a nova forma de atendimento do século, e em 2017, sem dúvida será a forma de mais crescimento. Aprender a utilizar e aceitar a sua diferença em relação ao telefone, não é mais um questão de opção. 


Bônus: 

Por ainda ser muito pouco utilizado no mercado imobiliário não darei um grande destaque neste artigo, contudo, trago como bônus para não deixar de falar. Tenha certeza que você irá ouvir algo sobre ele este ano:

[ Bônus 1. ] Chatbot no mercado imobiliário

Para quem não sabe, chatbot é um programa de computador que simula um ser humano falando com uma pessoa. O objetivo é responder as perguntas do chat de tal forma que pareça que a pessoa está realmente conversando com um atendente humano, e não com um computador (como de fato é).

Coloquei nesta lista bônus pois muito tem se falado sobre os chatbots, e muitas empresas já estão utilizando. Para terem uma ideia, muitos estudiosos acreditam que este robôs representam a próxima grande revolução da interação entre pessoas e marcas. Facebook, Microsoft, Whatsapp, Google, entre outras, são os grandes responsáveis por esta revolução.




As 7 Principais Tendências de Marketing Imobiliário para 2017 Reviewed by Mariana Ferronato on 00:09 Rating: 5
All Rights Reserved by Marketing Imobiliário - Marketingimob © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.