Top Ad unit 728 × 90

Destaques

Destaqu

O "fim" do Twitter no mercado imobiliário ?


Por Mariana Ferronato

Através do Twitter o Marketingimob se tornou relevante, e o post que antes ficava apenas no blog, passou a ser pulverizado pelos próprios usuários para todo o Brasil. Através do Twitter tive a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas como @V_dualibe , @Dwlevati , @GustavoZobaran , @EdvaldoCorrea, @DiegoSimon , @BrianRequarth , @GuilhermeMachado , @BrunoLessa , entre muitos outros que se tornaram "amigos", não apenas entre aspas. 

O fato é que há tempos sinto o Twitter morrendo. Pouca interatividade, e baixíssimo número de novos seguidores. Ok, poderia ser uma opinião pessoal, pensei, afinal por ter uma plataforma mais atrativa  acabo apostando mais no Facebook para divulgar o blog. Mas não foi surpresa quando em setembro deste ano foi divulgado uma pesquisa realizada pela respeitada consultoria Comscore, que confirma a queda. Em 12 meses o Twitter perdeu 24% dos usuários, já o Facebook aumentou mais de 60%. Segundo especialistas muitas pessoas estão migrando para o Facebook pois os hábitos de navegação do brasileiro (gosta de ver fotos, bater papo, etc) fazem com que ele seja mais atraente e o Twitter por outro lado mais frio. Outra razão para a redução dos usuários segundo a Comscore é a existência de outras redes novas que de certa forma "roubam" os usuários, como o Pinterest, por exemplo.

Não, eu não acho que o Twitter vá morrer (pelo menos não agora), e sim que ele de fato está cada vez menos atrativo para as ações do mercado imobiliário. Seja para relacionamento ou vendas. Na realidade talvez ele nunca tenha sido atrativo para a grande maioria das ações que lá ocorriam, ocorre é que nós não tínhamos muitas opções. Por outro lado, podemos afirmar que com esta migração de pessoas para o Facebook em busca daquilo que o brasileiro ama: fotos, conversa, fofoca, etc, de fato ele está mais qualificado, e um lugar melhor para aqueles que buscam notícias e informações.


A popularização do Twitter no Brasil

Clique nas matérias para a leitura.





Retrospectiva do Twitter pelo Mercado Imobiliário

O Orkut foi a primeira rede que ganhou força no Brasil, mas não foi nele que a grande maioria das empresas e profissionais do mercado imobiliário iniciaram sua jornada nas redes sociais, foi no Twitter. Com ele começamos a falar de "vendas" pelas redes sociais, começamos a evidenciar o poder do cliente insatisfeito que passou a ganhar voz, aprendemos ou pelo menos, tentamos aprender, como se portar no meio online.

Sedento por novos negócios, o mercado imobiliário, assim como muitos segmentos, passou a olhar com atenção para o novo canal, mas pouquíssimos de fato até hoje souberam explorar o Twitter como uma mídia rentável. Aqueles que aprenderam que Twitter é relacionamento e não venda, se deram bem, e aí surgiram diversas promoções e ações do tipo que movimentaram e engajaram (algumas vezes) milhares de clientes.

Dia 28 de maio de 2009 a Tecnisa publica em seu perfil aquilo que seria o estopim para a atenção de empresários, profissionais de marketing e corretores do mercado imobiliário. Todos em busca do "case Tecnisa".








O "fim" do Twitter no mercado imobiliário ? Reviewed by Mariana Ferronato on 09:38 Rating: 5
All Rights Reserved by Marketing Imobiliário - Marketingimob © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.