Top Ad unit 728 × 90

Destaques

Destaqu

A verdadeira história do vídeo Luiza que ESTAVA no Canadá - Conferência de Marketing Imobiliário


Por Mariana Ferronato

Estive hoje na 7a. edição da Conferência de Marketing Imobiliário, um dos principais eventos do setor, realizada em São Paulo pela IBC. Nos próximos posts compartilharei com vocês um resumo dos assuntos abordados por alguns palestrantes.

Inicio com o que na minha opinião foi o ápice do dia. A irreverente palestra de Luiz Alberto Barreto, diretor de criação da Cena - Oficina de Propaganda, ou melhor, a agência responsável pelo único viral do mercado imobiliário brasileiro "Menos Luiza, que está no Canadá", que explicou em detalhes como surgiu o vídeo.

Para explicar o contexto, Luiz iniciou apresentando um pouco das características de João Pessoa (cidade do empreendimento em questão). Uma cidade com 800 mil habitantes, mas com muitos empreendimentos, onde predomina as construtoras regionais, e que possui uma população extremamente "vaidosa", existindo diversas publicações que enaltecem o glamour de pertencer a "alta sociedade".

Pensando nisto, a agência optou em convidar os dois principais colunistas sociais da cidade, Abelardo Jurema e Gerardo Rabello para juntamente com sua família, participar (separadamente) do comercial do Boulevard Saint Germain, transmitindo todos os valores da sociedade de João Pessoa. 

O primeiro a gravar o comercial foi o colunista Abelardo Jurema. O segundo, Gerardo Rabello, quando convidado informou que seus dois filhos estavam viajando. A agência perguntou quando os filhos voltariam pois a importância de ter toda a família reunida era fundamental. Um dos filhos de Gerardo voltaria da viagem em 5 dias, a agência esperou o filho retornar. Contudo, a filha Luiza demoraria para voltar ao Brasil. Frente a isto, e com a necessidade de gravar o comercial rapidamente e com toda a família, a agência sugeriu a Gerardo que mesmo assim mencionasse Luiza, e então surgiu a frase "Menos Luiza, que está no Canadá". Antes do lançamento do filme, alguns questionaram se a frase não soaria com uma certa arrogância, mas no fim optaram em deixá-la.  


Pouco tempo após o lançamento do comercial com Gerardo Rabello, a população de João Pessoa colocou a boca no Twitter, debochando da frase com ar esnobe, colocando as hashtags #VoltaLuiza e #LuizaEstánoCanadá por quase 10 dias nos Trend Topics da rede social (palavras mais mencionadas). Após a menção à campanha no Twitter, o filme, Luiza, e o Canadá, deixaram de ser exclusivamente regional e se tornaram do Brasil. Ao nacionalizar,  o ar de deboche foi perdido, afinal poucos sabiam quem era Gerardo Rabello, e muito menos sua filha.

Uma maré de oportunidades


Imediatamente a agência pediu para Luiza retornar ao Brasil para gravar um segundo comercial. Após, a Rede Globo "fez" Luiza voltar novamente do Canadá, esta que veio em vôo da Gol, que patrocinou a celebridade relâmpago. Deu entrevista para jornal da Globo. Foi contratada pela agência África para gravar um comercial semelhante.  Seu pai gravou outros comerciais. Foi tema de Tweet de Ronaldo Fenômeno entre centenas de referências de famosos. Dizem até que a menina foi condecorada pelo governo do Canadá. Estas entre centenas de outras oportunidades que surgiram, até mesmo para os concorrentes, como no anúncio abaixo.



Anúncio Brascon 






Os Resultados


O filme teve até o momento (junho 2012) mais de 6 milhões de visualizações exclusivamente no YouTube. 50% do empreendimento foi comercializado com a campanha que gastou cerca de R$15.000,00. Isto que é sucesso não?




Conclusão da empresa

Em sua apresentação, Luiz Alberto de maneira muito honesta disse que não sabe explicar o sucesso da campanha. Afirmou que acredita não ter condições de criar um outro meme como este, afinal não se cria um meme planejado. Para Luiz, tudo foi graças ao poder das redes sociais e devido a uma feliz sucessões de acasos. Em outra situação, talvez ele mesmo tivesse rejeitado a campanha após as primeiras menções a Luiza (Luiz estava em SP quando soube do boom da campanha).


E que venham outras Luizas! Humor seja no mercado imobiliário como em outros segmentos, é sempre muito bem vindo! ;)



A verdadeira história do vídeo Luiza que ESTAVA no Canadá - Conferência de Marketing Imobiliário Reviewed by Mariana Ferronato on 23:11 Rating: 5
All Rights Reserved by Marketing Imobiliário - Marketingimob © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.