Top Ad unit 728 × 90

Destaques

Destaqu

Pinterest: interessa ao mercado imobiliário?


Por Vagner Rodrigues

Esta pode ser uma pergunta cruel demais para ser respondida sobre uma rede social ainda tão jovem no Brasil e que nem dá vestígio sobre páginas para empresas. Tudo o que posso recomendar é: parcimônia. Vamos com calma, pois as redes sociais não são um palco para vendas, mas sim, relacionamento.

Respondendo a indagação do título deste, sim, acho que interessa. E interessa justamente por atuarmos em um mercado que é paralelo a temas facilmente encontrados no Pinterest como arquitetura, decoração, paisagismo, lugares e design, por exemplo.

Estamos vendo construtoras e imobiliárias brasileiras criando seus perfis para darem dicas de decoração, sustentabilidade, murais que trazem imagens com um toque de arte, arquitetura e por aí vai. Isso é perfeito na minha opinião. É relacionamento puro onde prestamos um serviço gerando conteúdo relevante ao nosso público que se encontra na rede social em questão.

Há ainda uma outra forma de se utilizar o Pinterest e com um plus, mas aqui é que entra a cautela que comentei no princípio do texto.

Como você pode "alfinetar" imagens e vídeos e agregar à rede, logo você pode criar murais com seus lançamentos e trazer imagens de perspectivas e decorados. É uma forma de você divulgar seus empreendimentos assim como já é feito no Facebook, Google+ ou Flickr por inúmeras empresas.

Repare que todas as imagens no Pinterest possuem um link para o site de origem dela. 


Ao colocar uma imagem hospedada no site ou blog de sua imobiliária/construtora em um de seus murais você gera um link que faz referência para você. Isto chama-se link building: técnicas que consistem em gerar links externos que façam referência ao seu site. Uma tática bem conhecida dos profissionais de SEO e também do Google.

Por isto o Pinterest passou a acrescentar o atributo "nofollow" (não seguir) junto ao link para que os robôs do Google não continuem seus trabalhos por aquele caminho. Em resumo, seu posicionamento no Google não ficará melhor depois de alfinetar todas as imagens do seu site lá.

Todavia, estar linkado no Pinterest poderá gerar um bom volume de visitas ao seu site, basta você acertar na escolha das imagens compartilhadas e do conceito a ser explorado pelo mural de lançamentos tendo em vista o público da rede.

O próprio Pinterest dá seu aviso sobre a "autopromoção" na sua sessão de sobre regras de etiqueta:

Evite autopromoção
Pinterest destina-se a curadoria e compartilhamento de coisas que você ama. Se você tem uma foto ou projeto do qual você se orgulha, "alfinete" em outro lugar! No entanto, tente não usar o Pinterest puramente como uma ferramenta de autopromoção..

Recomendo a leitura do post Pinning for Gold onde Jeff Turner, psicólogo e empresário estado-unidense,  faz uma crítica muito construtiva à presença do mercado imobiliário dos EUA, no caso, nesta rede social tão peculiar.

Dados do Pinterest no Brasil

Segundo dados no AdPlanner, a estimativa de visitas para o Pinterest no Brasil é de 220 mil em janeiro/12 por 48 mil visitantes únicos. Um número baixo e que, ainda segundo o AdPlanner, possui um público bem segmentado de pessoas que se interessam por moda e design, principalmente.


 Dados brasileiros do Pinterest de Janeiro/12

Nesta leitura de dados, percebo que vem bem a calhar a frase que encontrei no texto Pinterest: a real estate distraction? do site FirstAmTech:

A maior parte do seu público, as conversas, e principalmente os relacionamentos estão no FacebookCom isso dito, não deixe que a mentalidade de 'a primeira a adotar' distraí-lo de ajudar seus clientes a tomar a maior decisão financeira de suas vidas.

Fica o pensamento no ar e o desejo de que a "nova" rede social encontre terreno fértil no Brasil.
Mas por favor, não levemos "terreno" ao pé da letra.
Pinterest: interessa ao mercado imobiliário? Reviewed by Vagner Rodrigues on 15:42 Rating: 5
All Rights Reserved by Marketing Imobiliário - Marketingimob © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.